REVISÕES DOS CONTRATOS COMERCIAIS EM VIRTUDE DA COVID-19